Mensagens populares

quinta-feira, novembro 15, 2012

Carlos Pinto Sá, o fim de um ciclo ou...

o oportunismo do costume?

Carlos Pinto Sá, ainda presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo prepara-se para suspender o seu mandato à frente dos desígnios de Montemor-o-Novo. A questão que se pode colocar sobre esta atitude do presidente Carlos Pinto Sá não se vislumbrando alguma razão de saúde que o impedisse de continuar no cargo ou uma outra do foro pessoal, é se realmente e genuinamente Carlos Pinto Sá está  saturado da vida autárquica por via do desgaste inerente à intensa actividade política, deixando livre o espaço para uma saudável renovação político-partidária dentro do PCP ou se simplesmente este "abandono" é mais uma forma que os políticos têm de contornar a lei eleitoral autárquica, preparando-se assim Carlos Pinto Sá para mais um desafio eleitoral noutro concelho onde possa ser mais útil ao partido? Como o PCP tanto propagandeia verticalidade na causa pública e tanto se arroga de ser diferente dos outros partidos, espero que cumpra mais esta higienização política. Apesar de tudo, não se conhecendo os motivos que estiveram na origem do seu afastamento, fica sempre no ar a ideia de calculismo político, pois saíndo antes do término do seu mandato dá tempo para o eleitorado ir conhecendo o novo substituto que certamente se irá candidatar pelo partido. Não seria de todo conveniente que, findo o mandato de um presidente que não se pode recandidatar, o seu sucessor partisse de igual por igual com os demais candidatos. Por outro lado, se o actual presidente no entendimento do PCP era um bom gestor dos comandos do concelho, porque não lhe dar a oportunidade de terminar o seu ciclo honrosamente!!?