Mensagens populares

sábado, novembro 22, 2008

Dias Loureiro, o patinho feio

Com a entrevista de ontem de Judite de Sousa a Dias Loureiro ficámos todos a saber a vítima que dias Loureiro foi do BPN. Desde ontem que todo o Portugal ficou ciente que Manuel Dias Loureiro era o patinho feio de um bando de patos bravos que sobrevoava o panorama financeiro português. Para já, todos soubemos que existiam negócios com paraísos fiscais que, em nada abonam para a serieidade, rigor e idoneidade dos gestores em causa, mas, mais que isso, ficámos a saber uma de duas coisas: ou Dias Loureiro sabia objectivamente o que se passava nos negócios do BPN e, por isso, pelo menos cúmplice poderia eventualmente ser de todo este processo, ou então é um incompetente que em nada, pelas afirmações de inocência que apresentou na entrevista de ontem, abona para a sua já longíqua carreira profissional enquanto gestor.
Ficámos também a saber mais do mesmo em relação ao enriquecimento de ex-políticos após a sua passagem por este corredor do poder. Até então, muitos deles, de humildes rendimentos e modestos mediatismos, passam num ápice a ser autênticas figuras públicas do decadente e hipócrita mundo social português.